o nascimento da minha vida – liz


Meu nome é Denise Khrais, sou Personal Trainer, casada e sou mãe da flor mais maravilhosa que está no Jardim da minha Vida: a LIZ.

Sempre tive o sonho de ser mãe, mas minha geração foi criada para ter uma vida profissional de sucesso e sempre adiava o planejamento desse sonho.

Mas tudo na vida da gente é obra de Divina. E através de um sonho, numa noite tranquila, me vi grávida já em trabalho de parto, e tendo um bebê da forma que sempre imaginei, de parto normal. No sonho eu fechava os olhos e pedia a Deus que eu suportasse aquela dor que na verdade nem imaginava, e nasceu um bebê lindo, um menino. Vi a carinha dele e assustei como os bebês nascem amassados não é? E logo despertei para trabalhar. Foi um dia em que meu semblante irradiava a felicidade que aquele sonho me transmitiu, meu esposo e pessoas próximas perceberam, mas eu não disse nada. Em minha cabeça foi só um lindo sonho e não imaginava a surpresa que estava por vir.

 Passado alguns dias desse sonho descubro que estou grávida. Um choque misturado com surpresa e medo. Choque porque algo inibiu meu contraceptivo, surpresa por causa do sonho. E medo de minha gestação não ir até o fim. Então veio minha gestação tão sonhada, porém cheia de lutas tanto minhas como da minha princesinha, pois minha gestação era de risco.

 Recebi um diagnóstico, não conclusivo, de Trombofilia devido a dois abortos anteriores. E vamos ao tratamento que era com anticoagulantes sendo um comprimidinho de Aspirina Infantil e uma injeção de Heparina todos os dias durante toda a gestação.

Mas valeu demais cada picadinha e cada roxo, a princípio nos meus braços e depois nos flancos. Pedia a Deus que fosse feita a vontade Dele, mas que Ele sabia o que meu coração queria, que era minha princesinha em meus braços.

Sustos? Foram vários durante toda a gestação. Os três primeiros meses não pude realizar atividades físicas então como sempre fui muito ativa e parei por três meses minha rotina diária de exercícios, ganhei peso rápido, o que levou minha médica e minha nutricionista despertarem e investigarem se eu estava com Diabetes Gestacional. Mas os exames deram normais, era realmente a mudança abrupta da falta de exercício e os processos normais da gestação.

Tive contração durante toda a gestação. Mas nada de desconfortos no estômago, só uma fome anormal, que quem já foi mãezinha já sabe como é. Mas na 19ª semana perdi meu tampão… outro susto que resolvi com repouso, e minha princesinha crescendo firme e forte, e lutando junto comigo.

Mas mesmo com tantos riscos continuei minha profissão que amo. Voltei a treinar. Minha princesinha acompanhava tudo calminha e tranquilinha.

 

IMG_1672

 

Em casa, já tarde da noite, que era quando eu parava, ela mexia muito. Como é maravilhoso sentir nosso bebê. Ela nunca me atrapalhou nas noites de sono. Conversávamos muito durante toda gestação e ao deitar adormecíamos com músicas de ninar. Viajamos para vários lugares juntinhas e eu agradecendo a Deus por cada dia se passando e ela crescendo. Curti muito a Liz na minha barriga e registrei tudo. Que delícia que foi curtir cada novidade da gestação. No 6º mês a sentia soluçar, que estranho e interessante era essa sensação. 

No finalzinho do 7º mês acordei na madrugada com um líquido escorrendo, outro susto, porém não foi diagnosticada a Bolsa Rota. No quinto dia perdendo o líquido amniótico entrei em trabalho de parto. Meu Deus que medo! Fui as pressas para Goiânia com contrações, mas sem dilatação.

Fiquei 31 horas em trabalho de parto, foi quando decidiram que minha florzinha teria que vir ao mundo, pois não havia como sobreviver em meu ventre até o final da gestação. Momentos de angústia, mais medo e aflição nós vivemos. Mas tive muito apoio das pessoas queridas e principalmente as orações.

Minha princesinha era tão pequenina, mas me mostrou desde o início que era uma guerreira e queria estar ao lado da mamãe, do papai e da Puccinha (minha filhinha de patas) para nos alegrar e nos orgulhar. Muitos ensinamentos eu tive com a prematuridade dela; com as mãezinhas e bebês que conheci na UTI Neonatal e sofremos e oramos e vibramos juntas, com alguns acontecimentos tristes e cada alta recebida; com a equipe médica que ficava com minha filha durante as 23horas que eu não podia ficar na UTI com ela; com o sofrimento da amamentação e depois com o prazer de poder alimentar minha filha; valorizei ainda mais, as mães do mundo todo por sua importância, força e lutas; e agradeci ainda mais a Deus por eu ser mulher, por ter podido ser mãe, pela dádiva da vida.

 

Desde o momento que descobri minha gravidez minha filha se tornou minha força, minha fraqueza, minha riqueza, minha fé, meu amor por Deus, minha inspiração, minha gratidão, minha oração, meu amor mais puro e bonito, se tornou minha vida.

Meu primeiro Dia das Mães com minha (Fe) Liz!

 

 

IMG_5398

Denise Khrais Personal Trainer

 

 

 

Abraços!

Valentina Kids

Giselda Martins
Sobre Mim

Meu nome é Giselda Martins, moro em Rio Verde –Góias, sou casada e tenho uma filha. Sou graduada em Administração de Empresas, e atualmente tenho desempenhado as funções de mamãe e editora do Blog Valentina Kids. O Blog foi inspirado na minha filha, visto que o universo infantil sempre me fascinou. Busco sempre me aprimorar para trazer o melhor conteúdo, proporcionando desta forma informações úteis para o dia a dia das mamães. Seja bem-vindo ao Blog Valentina Kids Um abraço! Giselda

1 Comentários

Vania Mancuso
Reply 18/05/2016

Adorei a estória da Denise, mulher de fibra,guerreira e extremamente simpatica. Se tornou uma mãe linda e dedicada. A liz uma fofura que veio ao mundo abrilhantar o casal. ❤️❤️❤️

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado, os campos marcados são obrigatórios *